terça-feira, 30 de novembro de 2010

Só para refletir

A cidade não é uma selva de concreto, é um zoológico humano. - Desmond Morris

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Hoje

Beijo
Jorge de Sena

Um beijo em lábios é que se demora
e tremem no abrir-se a dentes línguas
tão penetrantes quanto línguas podem.
Mais beijo é mais. É boca aberta hiante
para de encher-se ao que se mova nela.
É dentes se apertando delicados.
É língua que na boca se agitando
irá de um corpo inteiro descobrir o gosto
e sobretudo o que se oculta em sombras
e nos recantos em cabelos vive.
É beijo tudo o que de lábios seja
quanto de lábios se deseja.



Hoje desejei esse beijo! Desejei uma resposta aos meus anseios! Queria apenas uma resposta... A ansiedade corrói!

domingo, 28 de novembro de 2010

Meus origamis!

Bom, lembram que eu estou caminhando para os 1000 tsurus? Pois é... hoje eu parei para contar quantos eu já havia feito! hehehe!
324! Todos guardadinhos num pote! Para poderem ficar juntinhos! Vira e mexe eu faço mais alguns... daí chego em casa e guardo!
Mas garanto para vocês que se eu contasse com todos os que eu já fiz e presenteei... eu provavelmente já estaria chegando aos 600... 700... Mas esses estão espalhados em mil lugares, com várias pessoas e não contam!
Esse fim de semana passei me dedicando as dobraduras! Tem umas estrelinhas que eu faço, elas ficam delicadinhas, eu amo fazer! A parte chata é ter que riscar a folha e cortar as tirinhas de papel!


Daí dobro tudo e arrumo de um jeito fofinho!


Mas fica tão lindinho, né?! Cada estrelinha ai... eu que fiz viu gente! Uma por uma! Mas vale a pena... por que o resultado é delicado e fofo!
E como é para presentear, vele mais a pena ainda! Por que é mais especial ainda ver o sorriso das pessoas quando recebem!
Simplesmente amo fazer dobraduras! Me empolguei e fiz um móbile! Mas nem adianta cobiçar, viu pessoas! Esse já tem dono e todos os que eu faço são exclusivos! Só para vocês babarem um pouquinho hehehe!

Só desculpa a qualidade da foto, tava meio escuro!

Espero que vocês tenham gostado! Aconselho a todos a experimentarem! É muito bom viu!

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

ECA! O natal já chegou!

Post que também poderia se chamar: Compre filmes novos globo!

Todo fim de ano é a mesma coisa! As lojas começam a se colorir das cores do natal, brotam árvores, bolas e papai-noéis de tudo quanto é canto! É um tal de Jingle Bells... CREDO! Que coisa mais blasé! Todo mundo tá cansado de saber que Natal virou mais um feriado para o comércio!
Ou alguém ai discorda disso? Me diz, quem que não começa a pensar em que ou quais presentes vai ganhar assim que vê o primeiro sinal natalino!? E qual comerciante que não se anima com os 40% ou 50% de vendas a mais?
Comércio, lucro, dinheiro, CAPITALISMO!!
Mas não é sobre isso que eu queria falar (apesar de ser verdade), é que hoje começou a temporada de filmes natalinos da sessão da tarde! É verdade... a tortura recomeçou... Daqui a alguns dias eu vou ouvir a chamada de filmes como:

  • O Grinch: aquele, do bichinho verde... que não gosta do natal
  • Esqueceram de mim: é...Macaulay Culkin (tive que procurar no google o nome da criatura) bla bla bla
  • Milagre na 34: espírito de natal
  • Natal em família: um menino que aprende o que é certo (que por acaso passou hoje!)
  • Um herói de brinquedoArnold Schwarzenegger (também procurei no dicigoogle) , pai, tentando comprar um boneco de super herói! (eu assistia e rolava de rir)
  • Sobrevivendo ao Natal: Ben Affleck armando muitas confusões!
  • Meu papai é Noel 1 e 2: Tim Allen vira papai noel... muito massa
  • O papai noel trapalhão: alguém ai lembra? O bom velhinho perde a memória e o cara tem que ajudar...
Assim... até meus 13 anos eu brincava de barbie gente! Então... esses filmes eram super, mega, hiper, legais! Eu quase... esperava por eles. Só que agora cansou! Tá que num tem muito filme bom e novo, natalino. Mas, pelamor quem foi que disse que tem que passar filme de natal só por que é natal??
Afinal, Natal é chato! Todo mundo se enche de falsidade! Amigo oculto, confraternização, bla bla bla!! Eu odeio natal! (será que eu vou virar o Grinch????)kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Sério gente... fiquei com medinho agora!



E olha q eu nem vou entrar nos méritos da discussão sobre a origem Coca-colastica do bom velhinho...






PS: Só pra lembrar... ainda não entramos em dezembro! Só pra constar.. viu...

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

É difícil

Tenho um desejo na minha alma! Algo que não pode ser calado por nada nem ninguém... infelizmente! É mais forte que eu... é especial! Sabe, aquela coisa, eu não passo um dia inteiro sem pensar nele! O problema é que quando amamos assim, geralmente alguém sofre, e muito! Nessa história o alguém sou eu!
Pensar, querer, sonhar, mudar meu caminho pra te ver passar, fazer força para me controlar perto de você... eu faço isso tudo!
É difícil, se eu pensar que você nem sabe! Ao menos, não mostra que sabe! Mas eu, ao contrário, sei e tento demonstrar que sinto esse amor!

"E se eu desmoronar
Se não pudesse mais aguentar
O que você faria 
[...]
look in my eyes
You're killing me, killing me
All I wanted was you"
Pitty & 30 Seconds to Mars



Tudo o que eu queria, era poder ser sincera! Te olhar nos olhos e dizer: EU TE AMO! Só que não é fácil assim! Temos 2 milhões de motivos nos separando! Meu desejo mais secreto é um dia ver você a minha espera. Do mesmo jeito que eu te espero!
É difícil amar alguém! Mais difícil ainda é não poder dizer para ele que existe esse sentimento!

Ok...tinha pensado em muitas coisas para escrever!
Mas não consigo pensar em mais nada agora, além dele!
E quando penso nele... minha vontade é de chorar!

PS: um dia eu conto pra ele!

Bad hair day


OK!!!
Hoje é o dia em que o cara lá de cima acordou, olhou pra baixo e disse: 
-Essa sexta é um ótimo dia de sol!Tudo está muito lindo! Vou ferrar com a vida da Luiza!!!

Acordei de mal humor! Não fui pra aula! E a  sensação de que tudo vai ficar pior me persegue!

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Só quero um pouco de paz

Por que estou errada em fazer este pedido? É tão insensato assim?
Eu vejo que não! Mas é como dizem...nem sempre as coisas são como agente quer!
E eu tenho que esperar para ter a minha paz!

Minha vida anda um caos! Eu vou ficando assim... no meio de toda essa confusão!
Perdida no meio de anseios que minha alma insiste em conservar.
Quem sabe um dia...

sábado, 20 de novembro de 2010

Um sábado de muito sol...


O que é preciso para um bom sábado??? Eu te digo:
  • Sol
  • Piscina
  • Amigos
  • Risadas
  • Animação

Pronto! Está armada a festa!

Mil beijos! Vou voltar pra festa!!!

128 dias e contando!!!

É gente... 128 dias para eu completar 18 anos!!!
E se Deus quiser... minha vida vai mudar bastante!!

Um belo alfabeto

A primeira letra do alfabeto é também a primeira letra da palavra
amor e se acha importantíssima por isso!
Com A se escreve "arrependimento" que é uma inútil vontade de
pedir ao tempo para voltar atrás e com A se dá o tipo de tchau
mais triste que existe: "adeus"... Ah, é com A que se faz
"abracadabra", palavra que se diz capaz de transformar sapo em
príncipe e vice-versa...
Com B se diz "belo" - que é tudo que faz os olhos pensarem ser
coração; e se dá a "bênção", um sim que pretende dar sorte.
Com C, "calendário", que é onde moram os dias e o "carnaval",
esta oportunidade praticamente obrigatória de ser feliz com data
marcada. "Civilizado" é quem já aprendeu a cantar ´parabéns pra
você` e sabe o que é "contrato": "você isso, eu aquilo, com
assinatura embaixo".
Com D , se chega à "dedução", o caminho entre o "se" e o
"então"... Com D começa "defeito", que é cada pedacinho que
falta para se chegar à perfeição e se pede "desculpa", uma
palavra que pretende ser beijo.
E tem o E de "efêmero", quando o eterno passa logo; de
"escuridão", que é o resto da noite, se alguém recortar as
estrelas; e "emoção", um tango que ainda não foi feito. E tem
também "eba!", uma forma de agradecimento muito utilizada por
quem ganhou um pirulito, por exemplo...
F é para "fantasia", qualquer tipo de "já pensou se fosse
assim?"; "fábula", uma história que poderia ter acontecido de
verdade, se a verdade fosse um pouco mais maluca; e "fé", que é
toda certeza que dispensa provas.
A sétima letra do alfabeto é G, que fica irritadíssima quando a
confundem com o J. G, de "grade", que serve para prender todo
mundo - uns dentro, outros fora; G de "goleiro", alguém em quem
se pode botar a culpa do gol; G de "gente": carne, osso, alma e
sentimento, tudo isso ao mesmo tempo.
Depois vem o H de "história": quando todas as palavras do
dicionário ficam à disposição de quem quiser contar qualquer
coisa que tenha acontecido ou sido inventada.
O I de "idade", aquilo que você tem certeza que vai ganhar de
aniversário, queira ou não queira.
J de "janela!, por onde entra tudo que é lá fora e de "jasmim",
que tem a sorte de ser flor e ainda tem a graça de se chamar
assim.
L de "lá", onde a gente fica pensando se está melhor ou pior do
que aqui; de "lágrima", sumo que sai pelos olhos quando se
espreme o coração, e de "loucura", coisa que quem não tem só
pode ser completamente louco.
M de "madrugada", quando vivem os sonhos...
N de "noiva", moça que geralmente usa branco por fora e vermelho
por dentro.
O de "óbvio", não precisa explicar...
P de "pecado", algo que os homens inventaram e então inventaram
que foi Deus que inventou.
Q, tudo que tem um não sei quê de não sei quê.
E R, de "rebolar", o que se tem que fazer pra chegar lá.
S é de "sagrado", tudo o que combina com uma cantata de Bach; de
"segredo", aquilo que você está louco pra contar; de "sexo":
quando o beijo é maior que a boca.
T é de "talvez", resposta pior que ´não`, uma vez que ainda
deixa, meio bamba, uma esperança... de "tanto", um muito que até
ficou tonto... de "testemunha": quem por sorte ou por azar, não
estava em outro lugar.
U de "ui", um ài" que ainda é arrepio; de "último", que anuncia
o começo de outra coisa; e de "único": tudo que, pela facilidade
de virar nenhum, pede cuidado.
Vem o V, de "vazio", um termo injusto com a palavra nada; de
"volúvel", uma pessoa que ora quer o que quer, ora quer o que
querem que ela queira.
E chegamos ao X, uma incógnita... X de "xingamento", que é uma
palavra ou frase destinada a acabar com a alegria de alguém; e
de "xô", única palavra do dicionário das aves traduzida para o
português.
Z é a última letra do alfabeto, que alcançou a glória quando foi
usada pelo Zorro... Z de "zaga", algo que serve para o goleiro
não se sentir o único culpado; de "zebra", quando você esperava
liso e veio listrado; e de "zíper", fecho que precisa de um bom
motivo pra ser aberto; e de "zureta", que é como fica a cabeça
da gente ao final de um dicionário inteiro.

Pedro Bial

Se não é por bem.... Vamos do jeito mais difícil!



Dizem que uma imagem vale mais que mil palavras! Aqui tem duas... então....

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Um presente que vem da alma

Já aviso que é um post BEM grande! Por se tratar de um tema MUY especial!


Amanhã é um dia muito especial... para 2 pessoas que eu amo muito! Uma delas vocês já viram por aqui, o Duxo! E a outra pessoa... nestes últimos tempos, vem se tornando uma amiga, uma irmã! Jéssica, ou Geh, para os íntimos...
Ok... Vamos falar desse casal lindo!

Wherever... O que dizer desse casal??? Afinal esse é um post pra eles! Dã! Ok...ok... eu sei bem o que falar! Então vamos lá??? Mas antes acompanhem-me numa viagem no tempo!
Enquanto isso lá no ano de 2008...
Éramos muito unidos! Apesar de brigarmos pelo menos uma vez ao dia! (lembra?) Uma amizade linda e pura! Eu e o Duxo! 
Eu... no meu jeito eterno de: "curtindo a vida adoidado". E o Duxo... no seu eterno modo PUTÃO mode ON!
Arrasando corações... não se prendendo a ninguém... Sofrer por amor? Amar? Isso agente deixava para os outros! O negócio era curtir e curtir e curtir!!!!!!

Voltando para 2010... Mais precisamente para o show perfeito e inesquecível do Scracho aqui em JF... Conheci uma menina (na verdade eu já conhecia sabe... mas wherever), que estava com meu irmão, o Duxo! Se primeira vista... nem liguei muito pra ela! PAUSA: lembrem-se do jeito do Duxo que eu estava acostumada! Ok? continuando...
Ela era bonita, exótica, tinha algo especial dentro dela e eu pude perceber!
Tá... ela virou presença constante ao lado do Duxo... Eu pude conhecer ela bem melhor!! (né geh??) E ao mesmo tempo que eu ia conhecendo essa fofa/linda/meiga/irmã! Eu ia também ouvindo os dois lados da história! E devo confessar que a minha posição nessa história era interessantíssima! Podia ouvir dos dois pombinhos tudo que eles estavam achando da história deles era muito, muito legal!
Fazia também um meio de campo para os 2! Ouvia de um lado, dava um toque do outro... E assim ia vendo um sentimento muito forte crescendo entre o casal!
Mas, o Frederico Alves... enrolado que só ele, nada de pedir a menina em namoro! E a geh... doidinha pra ele pedir! E eu via os dois naquele vai num vai... e ficava agoniada!
Até que um dia... Vem a Geh, toda sorridente me contar que agora era minha cunhada! Imaginem minha cara de boba na hora! Então finalmente meu irmão deixou o modo Putão de lado! E que bom que era pra namorar essa menina linda e especial! fiquei quase tão empolgada quanto eles!
Eis que começa a história linda que amanhã faz 2 meses!

A pedidos do enamorado Frederico Alves... una canción para su amada!
  video
Ok! Vamos continuar essa história com todos os detalhes que ela merece!
Onde eu parei mesmo???? ah sim... o pedido de namoro! Mas tenho que fazer algumas declarações sobre o período anterior ao pedido!
Quando eu ouvia frases como essa:
-Eu gosto muito dele, mesmo!
-Nossa com ela é muito diferente!
-Ele é um fofo!
-Ela é linda!
E uma muito especial, que eu nunca vou esquecer: "quem tem que apertar o dedo dela sou eu! A namorada é minha!"
Vocês lembram desse dia?? eu lembro... e lembro da cara de orgulho que a Geh ficou quando escutou, e lembro também da cor vermelha da cara do Tumatinhu, depois que falou!
Me senti praticamente madrinha do momento! Por que inconscientemente ou subconscientemente, Duxo aceitou que estavam namorando e Geh viu que ele estava levando aquilo tudo a sério!
Fiquei tão feliz! *-*
Ai.. vem a Geh e me conta que eles estavam namorando! Felicidade a mais de 1000! O tempo foi passando e eu acompanhando o desenvolvimento dessa relação que se encaminha para o "...e eles viveram felizes para sempre!"
É tão bom saber que a mulher que está com meu irmão ama ela a tal ponto de sofrer por não conseguir fazê-lo se sentir melhor! Mesmo o motivo pelo qual ele está triste ser muito além da capacidade de alegrar que qualquer pessoa teria.
Melhor ainda é ouvir o Duxo falando que... epa... nem sei se ela sabe disso ainda.. mas homenagem vale tudo então vou contar, viu Fred! Enfim... melhor ainda é ouvir o Duxo falando de sonhos com perspectivas de um futuro ao lado da Jéssica, a mulher amada!
Agora tenho de contar também uma coisa que, acredito eu, só eu que sei... pq a Geh me contou... pra ficar tudo igual! Enfim... que previsões de um futuro unido foram feitas! Colocando o casal junto e felizes mesmo daqui a muitos anos!
E olha só! Lá se foram os primeiros dias, as primeiras semanas... e agora chegamos ao aniversário de 2 lindos meses que este casal é OFICIALMENTE namoridos! Meu desejo é que esses 2 meses se multipliquem, tornando-se aniversários de 1, 2, 10 anos juntos! E felizes viu!?!?
Por que pra mim... o importante é a felicidade desses dois amados meus!
 Então... agora tenho que contar um segredo meu e do Duxo... coisas que ele me confidenciou e emcumbiu de contar para a Geh... através desse post!
 Coisas como:
"...só de pensar que ela esta na rua de baixo, tão perto, e tão longe de mim! Eu não aguento sabe, parece que eu fico sem chão vey! Não sei o que é isso!"

Bom Frederico... isso se chama amor!

"Só sei que não consigo me controlar quando penso nela! VEY! Só de pensar nela eu começo a chorar sabe??? isso é muito novo pra mim!"
"Eu estou com ela por míseros 6 meses e pra mim é como se eu já conhecesse ela a muito mais tempo que isso! Eu não sei o que pensar quando penso nela! Eu tô chorando aqui!vey"

Eu sei... acredite! Eu acho que vocês tem tudo para dar certo!

"Sabe, eu sei que se depender de mim, não vai rolar nunca! Mas o meu maior medo é de estar com ela e de repente não ter mais! Saca?! Acho que se um dia eu perder a geh.... eu não sei que eu faria da minha vida! "
"Outro dia nós brigamos na rua!"

Eu perguntei o por que lógico!

"E ela simplesmente ficou andando do meu lado sem me dar a mão! Não lembro o por que! Minha vontade foi de me jogar na frente de um carro!"

NEM BRINCA!!!

Saca! Ela me segurou e me deu um esporro sabe! Mas não foi por que eu quis, foi meio que por impulso! Se ela terminasse comigo, eu não se... mas acho que eu até morreria por isso! Sei lá sabe!"
'Tudo isso que eu disse, sobre o que eu sinto por ela, não tenho coragem de falar pra ela! Mas eu adoraria que ela soubesse!"


Seu desejo é uma ordem! Agora a Geh já sabe o quão você é apaixonado por ela!!!! Eu fiz só o meio de campo! Mas para mim é muito especial!
Ver vocês dois juntos e felizes! Pra mim é uma alegria imensa... pois sei que meus anjinhos estão em boas mãos!
Eu amo poder sair com vocês, estar com vocês! para mim... é importantes ver que vocês estão felizes! E vocês podem até pensar... "meu Deus, como essa Luíza gosta de segurar vela!!!"
Mas eu penso diferente! Quando estou com vocês... estou velando a linda relação que vocês tem! para que nada de mal possa atrapalhar!
E se for pra segurar vela para esse casal lindo! Eu nem ligo, viu?!


Ah.... Geh... eu quero te falar isso a muito tempo! Então vamos aproveitar o embalo...
Peço que você não tenha ciúmes do Duxo comigo... tudo que aconteceu... está no passado! Aconteceu e não podemos mudar! De todos os fatos que envolveram eu e o Fred... o que restou foi a pura amizade! e nada mais do que isso! Hoje eu quero que vocês sejam muito, muito felizes juntos! 
Mesmo que meu jeito as vezes não diga isto! Acredite.. que em meu coração vocês são muito especiais! Eu sinceramente quero dizer: Amo vocês!

E desejo muita felicidade! Que esse tempo pequeno, que vocês estão juntos, possa se estender por longos e longos anos!

PS: Me chamem para ser madrinha!

FELIZ ANIVERSÁRIO DE 2 MESES!

Que vocês possam conservar esse sentimento puro e especial chamado amor! Por um longo tempo!

Espero que tenham gostado! Este é meu presente para vocês... vem do meu coração... mais que isso, vem da minha alma!

Sinceramente...

Luíza

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Eu desaprendi!

Na generalidade
Sanders

Na generalidade, é claro, [as pessoas] representam o papel que a sociedade espera delas: casam, trabalham, têm filhos, fundam um lar, votam, tentam mostrar-se perfeitas e respeitar as leis. Mas cada uma delas - homems, mulheres, crianças - possui uma vida secreta da qual raramente falam e que quase nunca chegam a revelar. E esta vida secreta, para cada um de nós, encontra-se povoada de fantasias ardentes, necessidades incriveis e desejos sufocantes Que não são vergonhosos em si, mas que nos ensinaram a considerar como tal...

Se me ensinaram um dia... eu desaprendi totalmente!

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Eu quero! Eu acho que sou capaz! Por que não posso tentar?


Eu acho sim! Qual o problema em querer ir mais além? Eu sei que é complicado entender do lado de fora da história. Mas vou tentar explicar um pouco da zona de turbulências pela qual minha vida está passando... Eu, quero alçar vôos mais altos. Pra ser mais exata, quero sair debaixo da asa da minha mãe e ter minha própria vida! Isso inclui uma casa só minha e uma conta bancária só minha também!
Dai você me pergunta: Luíza, você já pensou nas responsabilidades, nas competências que vêm junto com essa sua decisão? Sem falar nas contas? E você quem vai ter que pagar tudo, sozinha!
E eu te respondo... SIM, eu pensei!
Sei que vou ter que pagar todo mês: Aluguel, luz, colégio, alimentação... entre outros gastos!
Eu pensei em tudo! Nos móveis, em cada detalhe... falta só o mais importante! Eu realmente sair de casa! Ah... mas sabe por que isso ainda não aconteceu??
Porque não acreditam que eu sou capaz de assumir essas responsabilidades! I'm so sorry... But...EU ACHO QUE CONSIGO!
Desculpa se vocês não acreditam... só que...é simples demais para eu desistir!
Ah claro... lembrando que eu não vou sair pra brincar de casinha igual meus irmãos fizeram... foram morar fora, mas minha mãe que pagava tudo!
Eu é que vou pagar minhas contas! SIM eu tenho como fazer isso!
E afinal, no fim do ano que vem estarei na faculdade e trabalhando se Deus quiser... OU SEJA... mais dinheiro para eu me manter!
Porém... pra mim.. o mais importante não é o dinheiro... e sim a liberdade e a paz que conquistarei saindo de casa e indo morar sozinha!
Para mim... essas duas coisas (que eu não tenho morando com minha mãe) valem mais que rios de dinheiro!
Só quero minha carta de alforria!

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Minha vida congela aos poucos nesse frio!

Com este frio... ninguém merece sair da cama as 6 da manhã pra me arrumar pra ir no colégio! E como minha mãe estava passando mal... a preguiça aumentou e eu fiquei na cama. Dormi... foi bom! Sei que perdi aula... mas poxa... estava tão frio... ou melhor continua frio!
Era pra eu estudar...sexta eu tenho prova... mas fazer o que...
Hoje nem escrever muito eu quero. Acho que vou dormir mais!
Beijos... 

Sinto que vou sufocar! Minha vida tem que andar gente!

PS: eu tinha um projeto de fazer 1000 tsurus... sabe, aquele passarinho de papel! Pois é, passei muito tempo sem fazer mais nenhum, só que eu tinha feito muitos, então vou contar quantos eu já tenho e continuar a fazer!
Rumo aos 1000

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Hoje estou off

Eu volto um dia...







Brincadeira.... volto amanhã!

Um domingo com chuva nos leva a isso:

Foram 2 filmes, 1 documentário, cerca de 100 músicas, unhas feitas (duas vezes), 1 hora de soneca, 5 textos prontos, uma sopa, um banho de princesa, creme hidratante no corpo e um pouco de nostalgia.
Tirando a sopa e o banho, tudo foi feito na minha cama. Onde meu encontro neste momento, debaixo de 5 cobertores que me mantém aquecida! Ainda estou ouvindo música, odeio silêncio enquanto escrevo.
O dia foi ótimo, podem acreditar. Fechei as janelas do meu quarto, encostei a porta, fiquei no escuro o dia todo. Não tinha ninguém em casa o que foi muito bom. Nada de gritarias, nada de bate-boca, nada de TV, nada de alguém abrindo a porta do meu quarto como se fosse estourar a 3ª guerra mundial...nada.
Nesse dia dentro do quarto, em meu mundo escuro particular, pude pensar sobre tantas coisas... que a luz me impediria de chegar a certas conclusões. 
Eu me enxergo melhor quando a luz do dia foi embora, ou quando me escondo num canto escuro. Ali consigo ver tudo mais claro!
Será ironia? Na ausência da luz é que tudo fica mais fácil de enxergar? Eu penso diferente. Acho que apenas deixamos de nos entorpecer com mil informações simultâneas. E passamos a dar destaque ao nosso pensamento. Conseguimos ouvir nosso pensamento!
è no escuro que nos descobrimos! No escuro eu sou mais humana!


"Quando tá escuro
Tanto faz que cor tem
Quando tá escuro
Só valem as palavras
Quando tá escuro
Ninguém repara minhas meias
É onde eu fico à vontade, sem medo da claridade
Passo o dia inteiro esperando a noite chegar
Porque não há mais nada que eu queira fazer"
Pitty, Quando tá escuro

domingo, 14 de novembro de 2010

Tudo o que eu quero e posso ser

"Sim, sei bem

Que nunca serei alguém.
Sei de sobra
Que nunca terei uma obra.
Sei, enfim,
Que nunca saberei de mim.
Sim, mas agora,
Enquanto dura esta hora,
Este luar, estes ramos,
Esta paz em que estamos,
Deixem-me crer
O que nunca poderei ser."
Fernando Pessoa


É quando tudo parece bem, que podemos sonhar e imaginar tudo aquilo que queremos! Sozinha ou acompanhada, olhar para o céu e imaginar tudo que conseguirmos. Pensar num minuto toda uma vida, imaginar viagens, fantasiar acontecimentos... mesmo que não passe de ilusão, mas... ainda sim eu quero poder sonhar! Pois isso ninguém pode me tirar. O direito de imaginar o que eu quiser!
Posso ir a França, Japão, Canadá, Russia... Posso dar a volta ao mundo em uma hora! Basta fechar os olhos e esquecer de tudo a minha volta. me teletransportar para outro mundo se eu quiser! E nada nem ninguém pode me impedir!
Veja que poder maravilhoso que é esse. Poder ir a todos os lugares que você for capaz de imaginar... sem que ninguém possa te dizer não!
Você pode questionar dizendo que nunca será ninguém e que por isso não há por que imaginar já que não pode acontecer. Mas eu penso que, se eu puder imaginar algo que eu queria muito, dentro do meu coração, um pouquinho, mesmo que seja insignificante, daquilo que eu imagino já aconteceu. Se eu tiver convicção naquilo... posso imaginar o mar, e será tão real que poderei sentir a brisa salgada batendo em meu rosto.
Felizes são as crianças, que vivem esse mundo imaginário tão intensamente. e veja como são felizes! Um menino que se transforma no homem aranha quando coloca uma máscara, ou mesmo quando fecha a mão de forma igual a do personagem. Uma menininha que vira uma princesa quando coloca o vestidinho e a coroa. E seu quarto vira seu castelo, seus bichinhos de pelúcia e bonecas são agora seus súditos.
Tudo muda, um mundo mágico surge de dentro daquelas cabecinhas tão imaginativas...
Queria fazer um convite/apelo para vocês...
Coloquem máscaras de homem aranha, ou coroa e vestido de princesa...
E sejam felizes como as crianças que vemos brincar no mundo mágico da imaginação. Basta sonhar... querer... e você vai se tornar o super herói ou a princesa que você sempre sonhou ser.


Me deixe imaginar tudo o que eu quiser...

sábado, 13 de novembro de 2010

Ando procurando...

Procura-se um amigo
Vinicius de Moraes

Não precisa ser homem, basta ser humano, basta ter sentimentos, basta ter coração. Precisa saber falar e calar, sobretudo saber ouvir. Tem que gostar de poesia, de madrugada, de pássaro, de sol, da lua, do canto, dos ventos e das canções da brisa. Deve ter amor, um grande amor por alguém, ou então sentir falta de não ter esse amor.. Deve amar o próximo e respeitar a dor que os passantes levam consigo. Deve guardar segredo sem se sacrificar.

Não é preciso que seja de primeira mão, nem é imprescindível que seja de segunda mão. Pode já ter sido enganado, pois todos os amigos são enganados. Não é preciso que seja puro, nem que seja todo impuro, mas não deve ser vulgar. Deve ter um ideal e medo de perdê-lo e, no caso de assim não ser, deve sentir o grande vácuo que isso deixa. Tem que ter ressonâncias humanas, seu principal objetivo deve ser o de amigo. Deve sentir pena das pessoa tristes e compreender o imenso vazio dos solitários. Deve gostar de crianças e lastimar as que não puderam nascer.

Procura-se um amigo para gostar dos mesmos gostos, que se comova, quando chamado de amigo. Que saiba conversar de coisas simples, de orvalhos, de grandes chuvas e das recordações de infância. Precisa-se de um amigo para não se enlouquecer, para contar o que se viu de belo e triste durante o dia, dos anseios e das realizações, dos sonhos e da realidade. Deve gostar de ruas desertas, de poças de água e de caminhos molhados, de beira de estrada, de mato depois da chuva, de se deitar no capim.

Precisa-se de um amigo que diga que vale a pena viver, não porque a vida é bela, mas porque já se tem um amigo. Precisa-se de um amigo para se parar de chorar. Para não se viver debruçado no passado em busca de memórias perdidas. Que nos bata nos ombros sorrindo ou chorando, mas que nos chame de amigo, para ter-se a consciência de que ainda se vive.


As vezes encontro alguns... esses se vão. Outros ficam... são muito mais que amigos! Mas não deixo de continuar, pois sei que em algumas pessoas posso encontrar uma verdadeira amizade!

What do you want from me?

What do you want from me?
Adam Lambert

Hey, slow it down
Whataya want from me?
Whataya want from me?

Yeah, I'm afraid
Whataya want from me?
Whataya want from me?

There might have been a time
When I would give myself away
Oh, once upon a time
I didn't give a damn
But now here we are
So whataya want from me?
Whataya want from me?

Just don't give up, Im workin' it out
Please don't give in, I won't let you down
It messed me up, need a second to breathe
Just keep coming around
Hey, whataya want from me?
Whataya want from me?
Whataya want from me?

Yeah, it's plain to see
That baby, you're beautiful
And there's nothing wrong with you

It's me, I'm a freak
But thanks for lovin' me,
Cause you're doing it perfectly

There might have been a time
When I would let you slip away
I wouldn't even try,
But I think you could save my life

Just don't give up on me
I won't let you down

Essa é a música que eu mais tenho escutado ou cantado nos últimos dias! Ela é simplesmente perfeita!

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Hoje me olhei no espelho

Retrato
Cecília Meireles

Eu não tinha este rosto de hoje,
Assim calmo, assim triste, assim magro,
Nem estes olhos tão vazios,
Nem o lábio amargo.

Eu não tinha estas mãos sem força,
Tão paradas e frias e mortas;
Eu não tinha este coração
Que nem se mostra.

Eu não dei por esta mudança,
Tão simples, tão certa, tão fácil:
- Em que espelho ficou perdida
A minha face?

Eu não me reconheci quando me encarei nos olhos! Estava tão diferente... tão mudada!
Me senti como se tivesse encontrando alguém que sei que conheço mas reconheço o rosto. Eu mudei, e olha que eu me olho no espelho todos os dias! Mas só hoje percebi o quanto mudei.
Mas li em algum lugar... que tudo muda!
Não seria eu que fujiria dessa regra!


Aprendendo


Estou a espera, quero encontrar a alma que vai se entender com a minha. Até hoje "do amor não vi senão breves enganos". Mas ultimamente tenho começado a pensar que isso pode mudar.
Tem quase um ano que eu conheci um cara... não, não era só um cara... é O CARA! Eu simplesmente me apaixonei por ele!
Mas... sei que agente não pode ficar junto ainda! E eu torço para que isso aconteça muito em breve!
Lógico que eu não parei minha vida por causa dele! Apesar de minha alma se focar unica e exclusivamente NELE! Eu continuei... meu corpo continuou!
Ainda tenho meu relacionamentos, amorosos inclusive. Só minha alma que não se envolve... deixa o corpo e vai para um lugar pensar NELE.
Acho que Ele ainda vai ser assunto de muitos post aqui. Então... aceitem que o amado da minha alma se chama Ele. Por enquanto é o que vocês podem saber.
E o que eu posso falar...
Mas continuando... minha alma está esperando Ele, enquanto vivo minha vida. E ela realmente segue normal. O amor só me perturba os sentidos quando encontro-me defronte ao meu amado.
Dizem que forte é quem ama em silêncio. Se isto for verdade... então estou me tornando forte.
Te amo... secretamente, mas amo!

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Sempre aqui

Quando entro na internet aqui no meu PC, sempre abre o IGoogle. Que é minha página inicial. E eu escolhi um aplicativo que mostra um poema diferente a cada vez que entro na página. Chama-se Poema ao acaso.
Eu gostei... cada hora que eu vejo, tenho um pouco de literatura diferente para ler. O primeiro de hoje foi interessante e eu tive uma idéia muito legal! =)
Pelo menos uma postagem sobre algum desses poemas eu vou colocar de vez em quando!
E o primeiro a ser escolhido foi:
Nega-me o pão, o ar
Pablo Neruda

Nega-me o pão, o ar,
a luz, a primavera,
mas nunca o teu riso,
porque então morreria.

Hoje, eu que encontro-me apaixonada, concordo plenamente com este poema. Sinto que poderiam me tirar qualquer coisa. Só não suportaria perder o riso de quem eu amo. Pois ai sim sofreria demais.

Dedico a você meu amigo/irmão

Frederico, Fredinho, Fred, esses apelidos eram os comuns quando alguém chamava você! Só que eu me enchi de ser como todo mundo e resolvi que eu ia te dar um apelido pra chamar de MEU!
Pensei... e te chamei de Freduxo... nha! Muito grande... nem eu ia querer te chamar assim muito menos você ia gostar de atender por esse apelido!
Reduzi pra Duxo... =) gostei do som... você sorriu ao ouvir, pronto, estava inventado! Seu apelido que eu podia chamar de meu!
Nunca poderia imaginar que seríamos este tipo de amigos... irmãos! Sinto saudades imensas de você quando não te vejo!
Época de escola juntos... vivíamos grudados, rachávamos o dinheiro pro lanche, pra passagem... o caderno, a caneta, o armário e até as aulas de matemática!
Só você chegava perto de mim quando eu me enfezava, vinha com seu jeitinho de rir, ficando vermelho... Fazendo piadas... e me arrancava um sorriso! Pronto! Meu bom humor voltava!
E eu tinha a coragem que ninguém tinha de chegar e falar com você quando você parecia querer matar todo mundo! Mesmo que fosse pra levar uma patada... você era meu irmão tumatinho!
Quantas manhãs na cantina? Na mesinha de ping-pong? Na árvore?
E como foram boas... todas as manhãs e tardes que passamos juntos!
Ainda me lembro de quando algum de nós dois tinha um súbito ataque de "vamboradaki" e depois o Sebastião ou a Carmem passavam pelo local... premonições by Duxo e Luh!
Logo o tempo se encaminhou de nos colocar em caminhos um pouca afastados... mas os corações sempre estavam juntos!
Nos reencontramos numa manhã de sábado! você tava indo pra aula da violino! Tudo ficou claro! A amizade resistiu a tudo e todos que tentaram destruí-la!
Voltamos a nos ver... eu lembro que o calor era insuportável! Chup-Chup de morango geladinho pra matar a sede e refrescar!
Nesse dia, dessa foto, foi a coisa mais engraçada do mundo! Mas valeu a pena por nos divertirmos tanto! Aliás, tudo vale a pena com você meu bom irmão! Desde uma cuspida de macho no meio da rua, até uma descida a pé pra fazer companhia...e olha que eu estava a 100 metros de casa, mas desci com você até o São Mateus andando...de chinelo... (lembra que paramos pra pedir água??) 3 megabolhas nos pés... Mas com você vale a pena!
Meu irmão... já passamos tantas coisas juntos... cada barra pesada que enfrentamos sem medo... Juntos somos mais fortes!
Você sabe que pode contar comigo... não importa para que...SEMPRE estarei aqui, de braços abertos! Para comemorar ou para chorar! Para te mandar parar ou para te incitar à luta!
Dedicado todo e especialmente para você meu irmão Frederico Alves!
Meu Duxo!
Te amo!

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Reencontros

Faz algumas semanas, reencontrei um menino que conheci há 2 anos atrás. No dia, eu estava com um astral muito bom! Estava muito feliz! E ele também! Ao som de uma boa música (eletrônica) nós nos beijamos. E passamos o dia todo juntos! Foi muito perfeito aquele dia... sem preocupações, só curtir a música e o momento!
Ele me deu um presente, uma pulseira, parece muito com essa da imagem... Ele comprou uma pra ele também, disse que era para sempre lembrarmos um do outro quando olhássemos para as pulseiras!
A pulseira ficou comigo, o boné dele também... E nunca mais nos vimos.
Tínhamos amigos em comum, mas a notícia que um dia eu ouvi foi que ele tinha se mudado. Pra SP!! Enfim acabei por deixar o boné num canto do armário e a pulseira usei durante um bom tempo... mas um dia guardei também.
Não que eu quisesse parar de lembrar dele, mas por que mudei minhas pulseiras apenas. Ele ficou na lembrança.
Daí, numa noite meio fria, estava eu em um bar, tomando um bela cerva gelaaaaada! E ouço alguém falar do meu lado: Roubou meu boné, né?
Lembrei na hora e já me virei sorrindo. Ele tinha mudado um pouco, e eu muito. Mas nos reconhecemos e nos cumprimentamos. Ele foi pro lado dos amigos dele, eu fiquei ali mesmo com os meus.
E não o vi mais durante outros bons meses...
Minha surpresa foi ver ele entrando no meu ônibus as 6 e meia da manhã! Falei: Oh, você por aqui?
E morremos de rir, ele me apresentou os dois irmãos mais novos. Uns amores! Me apaixonei pela Duda, a irmãzinha dele.
E assim, voltei a ver ele, trocamos telefones e voltamos a nos ver no ônibus...

É bom reencontrar pessoas! Ainda mais quando essa pessoa te traz lembranças boas! Nos sentimos leves! Eu me sinto leve... parece que volto a viver os momentos bons que passei com a pessoa. E para mim isso é muito especial.

Hoje por exemplo, estava calmamente fazendo compras com minha Mamy's e vejo, trabalhando no mercado um menino que eu conheci há uns 5 anos atrás. Olhei pra ele e ele me devolveu o olhar. Fiquei com medo de não ser quem eu estava pensando e comentei com minha mãe que se fosse, ele tinha crescido muito! Por que quando eu o conheci, ele era muito baixinho.
Mamy's fala: Meninos crescem muito!
Quem sou eu pra discordar! (risos) Daí ela pediu para eu ir buscar um tempero que ela tinha esquecido. Lá fui eu pegar o treco correndo. quando estava voltando passei por ele e ouvi: Oi Luiza!
Era ele mesmo então! Respondi o oi, disse que fazia tempo que não nos víamos, ele comentou que eu que sumi. De certa forma concordei, pois conheci ele em um colégio que estudei, no ano em que sai de lá. Mas sempre estava por perto na hora da saída então nos vimos algumas vezes mais.
o engraçado é que na época, ele gostava de mim. Muito mesmo! No grau de escrever cartinha pra mim e tudo, pedindo em namoro... sem nunca termos conversado! Éramos novinhos... ele era 1 ano mais novo que eu, se num me engano.
Mas passou, nunca passamos do oi e tchau no colégio. 
Hoje, no mercado, ele me ajudou a encontrar o caixa em que minha mãe estava (sim eu me perco em mercados), pediu meu orkut ( eu dei o e-mail, orkut e telefone, afinal..vai que ele num acha!?) e continuou o trabalho dele. Quando tinha acabado de passar as comprar e estava indo embora, fui até ele e disse que tinha sido bom ver ele. Foi engraçado ver ele ficar coradinho e dizer que também tinha sido bom me ver.
Nos despedimos, olhei pra trás mais uma vez, e ele me sorriu.

Vim pra casa pensando em quantas pessoas conhecemos, fazem parte de nossas vidas durante algum tempo, rimos com elas, choramos com essas pessoas... e depois seguimos nossas vidas, cada um para um lado.
E essas pessoas... onde estão, como estão...
Rever amigos, reencontrar conhecidos... é uma coisa muito boa. Nos renova uma parte do espírito. Deixa a alma leve. Faz bem pro coração!

PS: Encontrei a foto...

Sejam muito bem vindos


Ao meu mundo, aos meus rituais de beleza e sedução. O meu cenário, o meu momento de doces transformações. Minha intimidade, beleza e glamour. As confidências, as rendas e a delicadeza dos detalhes. A minha essência, o resgate da feminilidade e toda minha sensualidade.
Se querem saber meus segredos, ler meus pensamentos, compartilhar de minhas obscuras e brilhantes idéias... aqui é o lugar...
Bem vindos!

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Volto sim...

Malhar, dieta, francês, natação, filosofia...

Eu volto um dia!

Foi o que eu disse pra essas e muitas outras coisas!
Mas é verdade... eu quero voltar! O mundo é que conspira contra! Imaginem... eu tenho 17 anos, tô estudando num colégio que me suga todas as manhãs e algumas tardes da semana e me preparando pro PISM.
Só que eu tive a idéia genial de começar a fazer dieta, curso de francês, aula de natação, curso de filosofia e malhação! Sim... tudo de uma vez só! Lógico que não ia dar tempo, eu não ia dar conta!
Eu volto um dia, disse pra mocinha da recepção da academia enquanto ela cancelava/arquivava minha ficha.
Eu volto um dia, falei pra professora de natação, que me olhou com uma cara de: você não pode deixar de nadar!
Eu volto um dia, disse pro professor do curso de filosofia que ficou meio desolado de perder  uma aluna como eu!(não é humildade faltando, é que ele realmente gostava dos meus pontos de vista)
Eu volto um dia, falei pra minha professora de francês, que quase me bateu por desistir.
Eu volto um dia, falei pra mim mesma quando a dieta não funcionou. E olha que eu tentei com toda vontade! Pois preciso emagrecer!

Enfim, falei "Eu volto um dia" para muitas coisas... mas quero mesmo voltar, quem sabe ano que vem eu consiga. Depois que eu conseguir botar minha vida em ordem. E não venha você me dizer que alguém com 17 anos não pode ter sua vida desordenada!
A minha é e muito!!! E são desses episódios de desordem que eu quero falar aqui. Desse meu mundo estranho que me surpreende todos os dias. E não só disso, mas também de tudo mais o que vier a minha mente!
Sou um pouco inconstante, mas tentarei ser fiel para manter postagens novas... Aliais.. eu até tinha um outro blog, mas ficou esquecido tanto tempo que eu nem ousei continuar com ele. Voltarei a escrever nele... um dia!