segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Don't cry... darling

Doeu... e eu chorei...


Foi talvez a pior sensação que eu experimentei em toda minha vida! Vivi alguns segundo de euforia, imaginei por alguns centésimos de segundo que Você pudesse falar para mim: vamos conversar com calma! Mas não foi isso que ouvi... e eu sabia que iria doer! Só não sabia que doeria tanto! Meu chão foi embora junto contigo... e eu só pude engolir meu choro.
 Sabe o que foi pior... você foi doce e sincero! Como eu sei que seria! Um príncipe! Um sonho! Só que saber disso não diminuiria em nenhum grau a pontada no coração que eu estava sentindo! O abraço. por agradecimento, por carinho... com um sorriso forçado nos lábios... acho que aquilo nem era um sorriso! não é humano conseguir esconder a desilusão que eu acabara de ter! Escondi o sentimento, respirei fundo e não chorei...

Me sentia como se estivesse em um sonho daqueles em que agente cai... o chão sumiu! Perdi o rumo! Até esqueci que tinha que esperar uma amiga... voltei... bem a tempo de pegar você indo embora! Teu olhar cruzando o meu. Seria a última vez?

 Eu não podia, nem queria acreditar nisso! Corri para o banheiro mais próximo, sentei e chorei... chorei... chorei... Dizem que lava a alma, que aquieta o coração... Mas em mim parecia surtir o efeito contrário! A cada lágrima que eu derramava, me lembrava de um sorriso, de um olhar, de uma frase... E o choro aumentava!
 
 E o que eu poderia fazer? O argumento que você usou foi tão... lógico... simples... mas eu não entendo lógica e muito menos simplicidade quando estou apaixonada! Ah.... OMG por que me deixei levar por esse maldito sentimento chamado amor?
Sempre acabo sofrendo... por que meu amado está sempre tão fora do meu alcance??

Me recolhi a minha insignificância... quero guardar meu amor numa garrafinha com uma rolha e jogá-lo no mar! Por ironia do destino... entreguei essa garrafa para você!
Passei horas sonhando em algum dia poder te encontrar... beijar-te...te acarinhar... viver uma história contigo! E essa maldita esperança que não me abandona, só torna as coisas mais difíceis para mim! Em algum lugar do meu coração sinto que isso pode dar certo... OK pode ser só um sonho... MAS SONHOS PODEM SE REALIZAR!  

Eu vou esperar... um dia pode aparecer alguma chance... Enquanto isso... vou voltar lá naquela escada para catar os cacos do meu coração! Não que você tenha quebrado... mas eu deixei cair quando ouvi a frase que menos desejava. E ele se estatelou, espatifou... Mil pedacinhos, mil lágrimas...

Ainda te amo... e vou seguir assim!
Quem sabe um dia você vê que eu sou a mulher ideal para ficar contigo... e vem ao meu encontro?

Um comentário:

joy disse...

nossa, Luiza...tantas vezes passamos por isso na vida q nos esquecemos, em meio a tanta dor, q é normal e faz parte de ser humano. amor é tão forte e tão duro com a gente q é capaz de existir unilateral...acalme seu coração...tudo ira se resolver
:*